S.A.Marionetas - Teatro & Bonecos , est une structure professionnelle de création dans le théâtre de marionnettes composée d'auteurs, de constructeurs et de marionnettistes qui produisent des originaux et en portugais, dans le but de promouvoir et de faire connaître le Théâtre de marionnettes. Dans cette perspective, son travail implique la recherche et la recherche de nouvelles solutions esthétiques, ainsi que la préservation de la tradition populaire portugaise à travers la recherche et la continuité dans la réalisation du Teatro D. Roberto. Dans les deux cas, l'itinérance des spectacles est privilégiée comme le meilleur moyen de diffuser l'art de la marionnette.

Toujours dans le respect de ces objectifs, la compagnie organise depuis 1998 le Festival National de Théâtre de Marionnettes "Marionetas na Cidade" à Alcobaça, où elle est basée. En 2015, le festival s'est distingué avec le "Label EFFE". Il a participé à plusieurs Festivals au Portugal, ayant également représenté le pays en Italie, Allemagne, France, Espagne, Angleterre, Pays de Galles, Ecosse, Italie, République Tchèque, Chine, Slovaquie, Macao, Kazakhstan, Indonésie, Corée du Sud, Turquie , Autriche, Iran, Thaïlande. Depuis 1997, il a créé 45 productions originales. En 2005, il a reçu le prix du mérite culturel des arts et du spectacle «Troféu Afonso Lopes Vieira».

En 2010, il a reçu le prix spécial du jury pour la préservation et la continuité du théâtre de marionnettes traditionnel européen avec le spectacle «D. Roberto ». Également avec ce spectacle, elle a été nominée pour une meilleure manipulation au 14e Festival mondial des arts de la marionnette de Prague. En 2012, elle a été sélectionnée pour participer au festival mondial de marionnettes à Chengdu, en Chine, où elle a reçu le "Award Puppetry Festival Participation". La même année, elle a été nominée pour le prix de la meilleure production d'enfance au prix international "Golden Gander" Kremnické Gagy en Slovaquie. En 2013, il a reçu le Prix - catégorie "Alcoa d´Ouro" Culture, attribué par le journal O Alcoa. Elle a été nominée pour le prix du meilleur spectacle de rue au Wayang World Puppet Carnival à Jakarta, Indonésie. Et il a reçu le prix du meilleur spectacle de marionnettes de rue traditionnel au Wayang World Puppet Carnival. En 2014, il a reçu le prix du meilleur spectacle traditionnel au monde avec le théâtre Dom Roberto en Thaïlande. en 2016, il a reçu le prix de la meilleure manipulation avec les spectacles "etc ..." et "Teatro Dom Roberto" au festival Animart à Lodz en Pologne et le " Artistic Innovation Award " au 5ème Golden Magnolia Shanghai International Puppet Festival en Chine. En 2017, il a reçu le trophée "Puppet for Peace" au Harmony World Puppet Festival à Kanchanaburi en Thaïlande. La nomination "Meilleure manipulation" et le prix du "Meilleur réalisateur" au Word Puppet Festival EXPO 2017 à Astana au Kazakhstan et le prix "Préservation des traditions du théâtre de rue antique" au 1er festival international de théâtre de marionnettes de Kiev en Ukraine. En 2019, il a reçu le prix "Gulliver Junior" au 27e Festivalul International de Animatie Gulliver à Galati, Roumanie.

Le spectacle "TUBIC" en juin 2012, était présent à Chengdu en Chine au World Puppet Festival intégré cette fois au 21ème congrès UNIMA avec la participation de Tubista Gil Gonçalves où il a reçu le "Award of Puppetry Festival Participation"

S. A. MARIONETAS - TEATRO & BONECOS . TODA A HISTÓRIA 
Tudo começou em 1979 com a denominação "Pequenos Comediantes de Trapos e Farrapos", sob a forma de teatro escolar mantendo-se assim até 1984. A partir desse ano, o projecto manteve-se a um nível mais ou menos amador. Em 1993 surgiu a actual denominação e a colaboração com a Associação Carpe Diem, que se estendeu até Junho de 1997. Em Outubro do mesmo ano constituiu-se a Associação S.A.Marionetas - Teatro & Bonecos, profissionalizou-se o grupo e os membros que o compõem.

De referir a participação nos Encontros Nacionais de Teatro de Fantoches de 1981 a 1989; no Festival de Teatro Amador de Leiria em 1984 e 1985; no Encontro de Teatro de marionetas de Almada em 1993​; no Festival de Teatro de Alcobaça em 1993 e 1994; ainda em 1994 no Encontro de Artistas de Rua (Coimbra) e no Encontro da Marioneta Portuguesa em Évora. Mais recentemente esteve presente na Bienal Internacional de Marionetas de Évora (Maio 1997 – Festival Off), assim como no 1º Festival de Teatro de Marionetas de Viseu (Novembro 1997). Em 1998, a companhia organizou a 1ª edição de "Marionetas na Cidade" em Alcobaça (Outubro), e participou na 1ª Semana da Marioneta de Leiria (Novembro).

Já em 1999, a companhia participou no 2º Festival de Marionetas de Viseu, nas Comemorações dos 25 anos do 25 de Abril de 1974 promovidas pelo Governo Civil de Leiria, nas Comemorações do Bicentenário da Revolução Napolitana de 1799 (Nápoles - Itália), esteve presente na Bienal Internacional de Marionetas de Évora (Festival Off), e participou no 1º Festival Internacional de Marionetas para Adultos de Granada (Espanha); participou na 2ª Semana das Marionetas de Leiria. No mesmo ano organizou Às sextas com o SAM (projecto de divulgação das actividades culturais amadoras do distrito de Leiria), e a segunda edição de “Marionetas na Cidade”, que integrou o 1º Encontro Nacional de Teatro de Robertos.

Em 2000 participou na Semana dos Contadores de Histórias em Vila Franca de Xira, no Europaisches Puppentheater Festival em Hamburgo (Alemanha), na 3ª Semana das Marionetas de Leiria, nas Comemorações do Dia Mundial da Criança em Aljustrel, na Animação do Dia Europeu das Cidades sem Carros em Leiria, na Exposição da Região do Vidro / Mglass em Lisboa, nas Festa da Cidade de Loures.
Co-produziu o projecto “Teatro Dom Roberto” – Animação nas praias da Região de Turismo Leiria/Fátima, bem como o projecto de animação de Natal com a Associação de Comércio, Serviços e Industria de Alcobaça. Também em 2000, organizou a 2ª Mostra de Sons e Gestos de Alcobaça (divulgação de projectos amadores de animação de rua), e a terceira edição de “Marionetas na Cidade”.

Em 2001 participou na Bienal Internacional de Marionetas de Évora; organizou a 4ª edição do Festival “Marionetas nas Cidade”, participou na 4ª Semana das Marionetas organizada pelas Câmaras Municipais de Leiria, Pombal e Marinha Grande; participou no 1º Festival da Praça em Gouveia, na Recreação de Feira dos anos 50 de Loures.
Em
2002 organizou a 1ª Mostra de Teatro do Concelho de Alcobaça em colaboração com a Câmara Municipal, na qual se juntaram os grupos de teatro amador do concelho; co-produziu o vídeo “A question of love” da banda The Gift, o qual ganhou o prémio Melhor Produção atribuído pela Gala TMN.
Participou no encerramento do Projecto Pedagógico Cultural promovido pela Casa da Cultura de S. Miguel e Camacho CATS* - Produção Cultural (Ribeira Grande - S. Miguel – Açores); no Festival Atlântico (Santa Maria – Açores); co-produziu o espectáculo “Porque é que os ratos vivem debaixo da terra” da companhia A Quatro Patas; e ainda participou em diversas localidades do país em actividades de incentivo à leitura, bem como de divulgação do teatro de marionetas português tradicional - “D. Roberto”. Organizou a 5ª edição do Festival “Marionetas na Cidade”. Participou, ainda no 1º Festival de Marionetas de Valongo do Vouga; na Recreação da Feira dos Anos 50 em Loures; e na Maratona do Livro em Leiria. Co-produziu o “Hybrid Jazz Project” em Alcobaça; e produziu o projecto “Marionetas com muito Jazzil” também em Alcobaça.

Em 2003, organizou a 6ª edição do festival “Marionetas na Cidade”, participou na 1ª Gala Nacional de Homenagem aos Bombeiros de Portugal, na “Magicx Cultura” - Feira da Cultura,  participou ainda no 3º Festival Internacional de Marionetas de Carrazeda de Ansiães, na Bienal Internacional de Marionetas de Évora (BIME), no 6º Festival Internacional de Marionetas de Albacete (Espanha), no 5º Festival Internacional de Marionetas de Lasseube (França) - “Fête des Infants Pas Sage”, promoveu diversas acções de formação na área da construção e manipulação de marionetas bem como na área do teatro de actor (Alcobaça, Caldas da Rainha, Pedrógão), co-produziu, ainda, o “Alcobaça Jazz”, participou em actividades várias de incentivo à leitura, bem como de divulgação do teatro de marionetas tradicional português - “Teatro D. Roberto”.

Em 2004 participou no 3º Encontro de Grupos de Teatro do Concelho de Alcobaça que incluiu as comemorações do Dia Mundial do Teatro; no projecto “A água e os Monges de Cister” organizado pelo IPPAAR e Biblioteca Municipal de Alcobaça; co-produziu o espectáculo “Zik & Zib e outras músicas...” com o tubista Sérgio Carolino estreado no 6º Festival de Música de Caldas da Rainha “Concertos de Primavera”; participou no “Puppet Extravaganza” em Birmingham (Inglaterra), bem como no “Puppets a Plenty” em Birmingham e no 4º “Punch & Judy Festival” em Aberystwyth (Pais de Gales); tem participado em diversas actividades de incentivo à leitura em várias bibliotecas do país, nomeadamente na Biblioteca Municipal de Alcobaça onde levou a cabo um programa extensivo que se estendeu de Abril a Junho; esteve ainda presente nas comemorações do Dia Mundial do Livro em Castro Verde e Coimbra, do Dia Mundial da Criança em Ovar e Nazaré. Produziu ainda o espectáculo “Capitão Caracol e o tesouro escondido”. Desde Outubro é responsável pela programação do Auditório da Escola Adães Bermudes em Alcobaça e organizou a 7ª edição do festival “Marionetas na Cidade”.
Em
2005, a companhia co-produziu a Ópera Barroca de Marionetas “As Variedades de Proteu” com o Festival Cistermúsica de Alcobaça tendo feito digressão por Barreiro, Abrantes, Santarém e Alcobaça; participou no Dynamics’05 em Birmingham com o espectáculo “T U B I C” e “Teatro D. Roberto” e esteve também no 5º “Punch & Judy Festival” em Aberystwyth (Pais de Gales); Orientou diversas oficinas de construção de marionetas, nomeadamente no Funchal (Madeira), Barcelos, Alcobaça entre outros; co-produziu com a Associação dos Amigos de D. Pedro e D. Inês o espectáculo “A culpa foi da Inês” e organizou a 8ª edição do festival “Marionetas na Cidade” em Alcobaça,Co-Produziu com a Velcro Graphic Design o projecto  “As Aventuras do Bnec”.

Em 2006, a companhia foi distinguida com o prémio Afonso Lopes Vieira do Região de Leiria na categoria Artes e Espectáculo; tem o seu espólio na exposição “O maravilhoso Mundo das Marionetas” presente nas zonas comerciais da Mundicenter; participou na Feira do Livro do Funchal com diversos espectáculos e oficinas de construção de marionetas; e produziu as marionetas para a campanha publicitaria “Triplus”  do BANIF - Banco Internacional do Funchal, Produziu o projecto “Theatrum Puparum” (teatro medieval de bonifrates) que engloba as Peças  “D.Inês de Castro” e “A Padeira de Aljubarrota”,. Continuou a Co-Produzir com a Velcro Graphic Design o projecto  “As Aventuras do Bnec”.
Organizou em Outubro a 9ª edição do Festival Nacional de Marionetas “Marionetas na Cidade”, que integrou o 2º Encontro Nacional do Teatro dom Roberto.
No ano de
2007 a companhia S.A.Marionetas, comemorou os 10 anos como estrutura profissional, realizou 199 Espectáculos, em 25 Localidades em Portugal, vistos por 12.775 Espectadores. Realizámos 3 novas Produções, uma Co-Produção com a Companhia de Dança Contemporânea "A Caixa de Pandora - Bonecos e Bailarinos" de José Gil e António Rodrigues, "Ben Almanzor - o feitiço do mouro no castelo de Alcobaça "(teatro de sombras) de José Gil, Sofia Vinagre e Natacha Costa Pereira, e no final do ano o " Cabaret Minhoca" de José Gil, Sofia Vinagre e Natacha Costa Pereira. Em Outubro mais uma vez, organizamos o 10º Festival Nacional de Teatro de Marionetas em Alcobaça. e ainda em parceria com a Fundação Cultural “Armazém das Artes” apresentamos todo o nosso espólio (200 marionetas) na Exposição “Marionetas em Alcobaça – 1979 – 2007” durante 3 meses. o filme "Comanipulação" [documentário sobre a companhia S.A.Marionetas] de Rita Pimenta e Gonçalo Tarquínio fecharam o ano.

Durante o ano de 2008, apresentámos 226 espectáculos de 9 produções que temos em itinerância, em 53 localidades em Portugal e no estrangeiro, vistos por 26.673 espectadores, realizámos 3 novas produções. Com a companhia “Marionetas da Feira” de Sta Maria da Feira, co-produzimos o projecto “Bonecreiros da Corte” que criou o espectáculo "Princesa Lia – Tomo I" de José Gil, Rui Sousa, Sofia Vinagre e Natacha Costa Pereira. Depois, com a companhia Puppetlink de Birmingham / Inglaterra, co -produzimos “marionetas em vidro e cristal” surgindo mais um projecto -  “Theatre of Glass”, que criou o espectáculo “Tempestade”, com estreia em Stourbridge/ Inglaterra. A direcção foi de Clive Chandler e José Gil.  Mais tarde, em co-produção com o Cine-Teatro de Alcobaça, conseguimos estrear outro grande projecto da companhia que já estava há cerca de um ano a ser construído:  “A Ver Navios – no reinado de D. João VI e Carlota Joaquina” de Sofia Vinagre, Natacha Costa Pereira, José Gil e Rui Sousa (espectáculo integrado nas comemorações dos 200 anos Portugal/Brasil). De referir ainda o convite da Punch and Judy Fellowship para apresentar o “Teatro D. Roberto” em Londres nas comemorações de mais um aniversário do Mr. Punch;  ainda a participação de um elemento da companhia num espectáculo com a companhia Royal de Luxe /França. Estão também expostas as marionetas oferecidas pela companhia ao Museu da Marioneta de Lisboa na sua colecção permanente dedicada ao teatro de marionetas português. No final do ano a edição do CD duplo “As Variedades de Proteu” de António José da Silva, pelo Ministério da Cultura (Ópera realizada em 2005 pela S.A.Marionetas em co-produção com o Festival Cister Música). O CD contém todo o espectáculo em áudio. Em Outubro mais uma vez, organizámos o 11º Festival Nacional de Teatro de Marionetas em Alcobaça “Marionetas na Cidade”.

Em 2009, a companhia manteve em digressão nacional os espectáculos “A ver navios – no reinado de D. João VI e Carlota Joaquina”, “O mistério dos livros desaparecidos”, “Teatro D. Roberto” e “Theatrum Puparum”. Esteve presente no Festival Dynamics’09 no Reino Unido com o espectáculo Tempestade, no Festival Galicreques na Galiza com o espectáculo Theatrum Puparum, e ainda no Festival Marionetas em Novembro em Leiria e participou no Encontro de Marionetas de Montemor-o-Novo.
Estreou em Santa Maria da Feira na Viagem Medieval o espectáculo Génesis, que esteve também em Salir – Loulé. Estreou ainda o espectáculo MUSIS integrado no Concurso Internacional de Música de Câmara de Alcobaça.
Organizou a 12ª edição Festival Nacional de Teatro de Marionetas – Marionetas na Cidade.
Em Dezembro inaugurou a exposição “S.A.Marionetas - 12 anos a trabalhar para o boneco” na Galeria de Exposições Temporárias do Mosteiro de Alcobaça, que conta com o espólio da companhia.
Em suma apresentou cerca de 182 espectáculos em 37 localidades.

Em 2010, estreou no Cine-Teatro de Alcobaça, o espectáculo Res Publica – a caricatura ao serviço da tristeza pública, que fez digressão por todo o país. Estreou em Santa Maria da Feira no evento Viagem Medieval o espectáculo Portucale.
Esteve uma temporada no Mosteiro de Alcobaça com o espectáculo Theatrum Puparum – Inês de Castro, e participou com o mesmo espectáculo no evento Feira quinhentista Foral de D. Manuel em Torres Novas; no Festival MIMA Mostra Internacional de Marionetas do Atlântico que teve lugar em S. Miguel – Açores; no World Festival of Puppet Art em Praga – Rep. Checa; no Festival Galicreques na Galiza.
Participou no III Encontro de Marionetas de Montemor-o-Novo. Participou no evento Terra dos Sonhos em Santa Maria da Feira com o espectáculo As aventuras do menino de madeira, e estreou o espectáculo Na Tal Estrela no evento Óbidos Vila Natal.
Organizou a 13ª edição de Marionetas na Cidade em Alcobaça.

Em 2011, a companhia estreou o espectáculo "Amigo" no cine-teatro de Alcobaça.
Participou na BIME Bienal de Marionetas de Évora, no Festival de Marionetas de Cádiz – Espanha; no IV Encontro de Marionetas de Montemor-o-Novo; no International Puppetbuskersfestival em Gent – Bélgica; no International Festival of Traditional Puppet Theater em Banska Bystrica – Eslováquia. Participou ainda nas Comemorações dos 10 anos do Museu da Marioneta de Lisboa; na Feira Afonsina em Guimarães e estreou o espectáculo Portucale – a consagração na Viagem Medieval em Santa Maria da Feira.
Organizou a 14ª edição de Marionetas na Cidade em Alcobaça e estreou em co-produção com o Museu da Marioneta o espectáculo "Fado Portugal – uma história da faca e alguidar".

No Ano de 2012 comemoramos os 15 anos de existência como estrutura profissional de teatro de marionetas. Foi sem dúvida, um aniversário que fica para a história da companhia no qual fizemos muitas viagens, tivemos muitas aventuras, novos amigos e um sem fim de histórias que ficam para sempre na nossa memória. Começamos o ano como uma série de espetáculos e oficinas de construção de marionetas na Fundação Cultural Armazém das Arte em Alcobaça, depois em Março participamos no 3º encontro da UNIMA Portugal em Espinho. Montemor-o-Novo assinalou as comemorações do Dia Mundial da Marioneta onde participamos e pouco depois voltamos para o 4º Encontro Nacional do Teatro D. Roberto. Rumo a Coimbra fomos convidados para conferenciar sobre a nossa produção “A Culpa foi da Inês” no Congresso Internacional “Pedro e Inês: o futuro do passado”. Maio foi o mês de estrearmos “A Farsa do Sapateiro” um original de Sofia Vinagre, Natacha Costa Pereira e José Gil em Torres Novas. No mesmo mês juntou-se a nós o tubista Gil Gonçalves e partimos para a China com o espectáculo “TUBIC” onde participamos no 21º UNIMA Congress and World Puppetry Festival na cidade de Chengdu, onde recebemos o “Puppetry Festival Participation”. Já em Junho estreamos “ETC…” no auditório da Casa Garden da Fundação Oriente em Macau nas Comemorações do Dia de Portugal e das Comunidades em Macau. Em Julho, fomos até Inglaterra representar Portugal nas Comemorações dos 350 anos do Mr. Punch na cidade de Lincoln. Santa Maria da Feira foi a cidade que, em Agosto, recebeu a terceira estreia deste ano “O Povoador” um original de José Gil, Natacha Costa Pereira, Rui Sousa e Sofia Vinagre.

De seguida fomos até Kremnica na Eslováquia participar no European Festival of Humour and Satire - Kremnica Gags 2012, onde recebemos a nomeação para melhor produção de espectáculo infantil com o teatro Dom Roberto. Em Setembro, fomos até à capital europeia da cultura – Guimarães, participar na Feira Afonsina e logo de seguida viajamos até Almaty no Cazaquistão para participarmos no 2º World Puppet Carnival.
Outubro foi mais uma vez mês de organizar o Festival Marionetas na Cidade em Alcobaça já na sua 15ª edição. Em Novembro participamos no festival Casa Mágica em Valongo do Vouga. Ainda em Dezembro co-produzimos as acções de rua promovidas pelo movimento Viver Alcobaça. Assinamos uma parceria com o Parque dos Monges em Alcobaça, onde iremos co-produzir vários eventos ligados ao teatro de marionetas e onde também inauguramos uma exposição de marionetas com parte do espólio da companhia no Museu dos Doces Conventuais. Inauguramos ainda a nossa Loja On Line, com venda de marionetas produzidas na oficina da companhia. Assim no ano 2012, produzimos 3 novos espectáculos, 1 festival, 1 exposição, 111 representações das produções em cena em 13 localidades de 5 países diferentes e coordenamos 6 oficinas de construção e manipulação de marionetas. Tudo foi possível com o apoio incondicional do Município de Alcobaça, bem como o de todos aqueles que nos continuam a apoiar neste projecto que existe desde 1997.

No ano de 2013 Fizemos duas estreias, apresentamos 163 vezes as 13 produções que mantemos em itinerância, fizemos três formações de construção de marionetas e uma exposição. Começamos da melhor maneira com a estreia de O Saloio de Alcobaça, uma peça recuperada do reportório do teatro Dom Roberto. A convite do festival Periferias apresentamo-nos em Sintra. Em Abril a companhia recebeu o prémio Alcoa de Ouro na categoria de cultura pelo jornal O Alcoa e a seguir voamos para Bruxelas para participar nas Journées européennes de la Marionnette no Théâtre Royal du Peruchet. Voltando a Portugal participamos no Encontro de Marionetas de Montemor-o-Novo e no Festival de Marionetas FOME em Faro. Subindo a Norte estivemos presentes na 1ª Mostra de Robertos e Marionetas da Gafanha da Nazaré​. Organizamos o 1º Festival Medieval de Marionetas no Parque dos Monges em Alcobaça e mais uma vez marcamos presença na Feira Medieval por terras da Rainha Santa em Torres Novas. Em Águeda participamos no AgitÁgueda. Em Agosto estreamos O Gordo Afonso em Terras de Santa Maria da Feira na Viagem Medieval. Voltamos a voar e desta vez para a Coreia do Sul onde estivemos no Puppet Festival na cidade de Chuncheon. Ainda não tínhamos recuperado já estávamos a voar outra vez agora para participarmos no 3º World Puppet Carnival em Jakarta na Indonésia. Onde fomos nomeados para melhor espectáculo de rua e recebemos o prémio de melhor espectáculo tradicional de rua. Ainda em Setembro com edição do Museu da Marioneta de Lisboa apresentamos o livro Dom Roberto de José Gil e fomos mais uma vez participar na Feira Afonsina de Guimarães. De seguida voamos para França onde estivemos presentes no Festival Mondial des Théâtres de Marionnettes em Charleville-Mézières. Em Outubro pela 16ª vez organizamos o festival Marionetas na Cidade em Alcobaça. Lançamos em parceria com a adega cooperativa de Alcobaça o vinho Licoroso Dom Roberto em homenagem ao teatro tradicional português de marionetas. A seguir voltamos a voar desta vez para participar no 20th International Children & Youth Theater Festival na cidade de Hamedan no Irão. A fechar o ano a convite do Município da Marinha Grande apresentamos a Exposição S.A.Marionetas - 16 anos a trabalhar para o boneco no Foyer do Museu do Vidro e na Galeria Municipal que se vai manter até final de Janeiro de 2014, e participamos na Feira de Natal da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

Um agradecimento especial ao Município de Alcobaça, pelo apoio dado à companhia, à Fundação Calouste Gulbenkian e à Secretaria de Estado da Cultura/Governo de Portugal que apoiaram a Internacionalização de 2013.

O ano de 2014 foi um dos melhores anos de sempre da companhia. Estreamos quatro produções, “Os Primos”, D. Sancho II - o Azarado”, “O cerco” originais de José Gil, Sofia Vinagre e Natacha Costa Pereira e “Por este rio acima” de Fausto Bordalo Dias. Estivemos em 7 países, Brasil, Macau, Turquia, Espanha, Inglaterra, Áustria, Tailândia. Realizamos mais de 150 apresentações de 11 produções diferentes em 37 localidades, uma exposição e uma formação. 
Participamos em vários eventos dedicados à arte da marioneta por todo mundo, mas destacamos dois em particular: o festival de marionetas de Mistelbach na Áustria que através do clube de filatelia da cidade e dos correios austríacos criaram um carimbo do dia dedicado ao teatro Dom Roberto da S.A.Marionetas, e o Harmony World Puppet Carnival realizado em Banguecoque na Tailândia onde fomos galardoados com o prémio de “Best Tradicional Show” entre 170 companhias de 80 países e que foi o maior evento do mundo realizado até hoje dedicado ao teatro de marionetas.
Ainda destacamos a nossa participação em Portugal em grandes eventos como o festival Foliazinho na Lousada, o FOME em Faro, O FIMO em Ovar, A Maratona de Robertos em Lisboa, a Viagem Medieval em Santa Maria da Feira, Os Encontros de Teatro de Odeceixe, A Feira Afonsina em Guimarães e a participação na programação do ArtemRede e na Festa da Marioneta. 
Em Outubro organizamos a 17ª edição do Marionetas na Cidade na cidade de Alcobaça, com 19 espectáculos de 10 companhias em 4 dias.
Queremos agradecer o apoio do Governo de Portugal/Secretário de Estado da Cultura/ DGArtes, Município de Alcobaça, Embaixada de Portugal na Tailândia, Fundação Calouste Gulbenkien e Fundação Oriente na nossa participação em eventos fora de Portugal e também à Terra-Produções, Art Institut, Casa de Portugal em Macau, à União das Juntas de Freguesia de Alcobaça e Vestiaria, à ACSIA, ao BricoMarché Alcobaça, Restaurante António Padeiro, Corações Unidos, Arte Ataca, e a toda a comunicação social que nos tem apoiado.
No ano de 2015 faremos 18 anos como estrutura profissional de teatro de marionetas e vamos comemorar de uma forma muito especial este aniversário continuando a criar, produzir e divulgar o teatro de marionetas feito em Portugal e em português como o sempre fizemos desde 1997.

O ano de 2015 - 2 Estreias, 10 países, 9 produções em digressão, 108 representações, 1 exposição.

Este foi o ano do nosso 18º aniversário como estrutura profissional de teatro de marionetas. E nada melhor para comemorar que uma exposição retrospectiva do nosso trabalho. Foi o que aconteceu de 2 de Julho a 13 de Setembro no Museu da Marioneta de Lisboa. A melhor prenda que podíamos ter! O nosso Muito Obrigado pelo excelente trabalho que tão bem retratou o nosso trabalho até à maioridade como companhia. Um abraço muito especial para a Dra. Maria José Machado Santos, Maria Carrelhas, António Viana, Miguel Costa e toda a equipa envolvida.

Começamos o ano com a digressão nacional do espectáculo “Por este rio acima”, e que ao longo do ano nos levou a várias salas de norte a sul do país: Teatro Lethes em Faro, Teatro Stephans na Marinha Grande, Museu da Marioneta em Lisboa, Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha, Centro Cultural Gonçalves Sapinho na Benedita, Centro Cultural de Ílhavo, Casa de Teatro de Sintra, Cine-Teatro da Lousã, Cine-Teatro Municipal João Mota em Sesimbra, Auditório Municipal Fernando Lopes Graça em Almada, Cinema Teatro Joaquim d'Almeida no Montijo e Cine-Teatro de Sobral de Monte Agraço. A todos eles o nosso obrigado por acolherem este projecto.

Destacamos a participação em Portugal nos eventos: Festival Periferias em Sintra, FestIn em Lisboa, 2ª edição Books & Movies em Alcobaça, EI! MARIONETAS - Encontro Internacional de Marionetas em Gondomar, FOME - Festival de Marionetas e Objectos de Faro, Feira Afonsina em Guimarães, Festival Terra Transmontana no Mogadouro, Caldas Anima nas Caldas da Rainha, Viagem Medieval em Terras de Santa Maria em Santa Maria da Feira, E.S.T.A.R. em Odeceixe, 5º Festival Marionetas ao Centro na Lousã, Festa da Marioneta 2015 da ArtemRede, Espinho Cidade Encantada 2015.

Em Outubro organizamos a 18ª edição do festival Marionetas na Cidade em Alcobaça, e obtivemos o EFFE-Label - reconhecimento de evento de qualidade artística europeu. Foram 7 dias com 11 companhias e 12 espectáculos.

O ano de 2015 foi o ano mais internacional de sempre da companhia. O reconhecimento do nosso trabalho fora de portas é sempre muito gratificante! Em Janeiro participamos no Brasil no 2º Festival Internacional de Teatro Infantil de São Vicente/São Paulo. Quase sem parar, fomos directos para o 13º Ishara International Puppet Festival em Nova Deli e Chandigarh na India. Em Abril voltamos a embarcar data vez para os Estados Unidos da América onde apresentamos espectáculos no estado de New York em Farmingville e Tarrytown. Ainda em Abril viajamos para a Bélgica participando nas 2ª  Journées Européennes de la Marionnette no Le Théâtre Royal du Peruchet em Bruxelas. Em Maio fomos para Espanha e marcamos presença no Festival El Rinconcillo de Cristobica na cidade de Granada. Em Julho voltamos a Espanha e a Granada para participar na Verbena con títeres en la Huerta de San Vicente na Casa Museo Federico García Lorca e em Agosto ao festival Titirinoia em Noia. Setembro pela segunda vez consecutiva volta ao Festival Mondial des Théâtre de Marionnettes  na cidade de Charleville-Mézières em França. Outubro foi a vez de Inglaterra nos ver no Skipton Puppet Festival. Depois viemos só mudar de malas e viajamos para a Roménia para participarmos no Iasi Romania International Theatre Festival for Young Audience em Iasi. Novembro foi o concretizar de uma vontade/sonho antigos! Finalmente conseguimos ir a Timor onde apresentamos os nossos espectáculos integrados nas Comemorações dos 500 anos da Chegada dos Portugueses a Timor em Díli e Oecússi.

Mas estes milhares de quilómetros por todo o mundo não teriam sido possíveis realizar sem o apoio de: Governo de Portugal | Secretário de estado da Cultura | DGArtes, Camões - Instituto da Língua e da Cooperação, Embaixada de Portugal em Díli, Município de Alcobaça, Fundação Calouste Gulbenkian, Fundação Oriente, Arte Institute, Portuguese American Center of Sutffolk /Farmingville.

Obrigada à União de Freguesias da Alcobaça e Vestiaria pela Menção Honrosa que este ano nos atribuíram nas celebrações do seu 2°aniversário!

Um Muito Obrigado ao Município de Alcobaça por continuar a acreditar e a apoiar o teatro de marionetas produzido a partir de Alcobaça em Portugal.

S.A.Marionetas - Os números de 2016

110 Apresentações - 2 prémios internacionais – 6 Países – 11 produções em itinerância

O ano de 2016 foi, felizmente, trabalhoso e, mais uma vez, bastante viajado. Fizemos 110 apresentações de 11 produções originais da companhia, percorrendo Portugal de norte a sul passando ainda pelos Açores. Representamos o nosso país em vários eventos um pouco por todo o mundo: em Espanha participámos no UNIMA World Congress 2016 and World Puppet Festival em San Sebastian/Tolosa; em França no Marionnet’IC 2016 - Côtes d’Armor/Binic; em Inglaterra no Lincoln Punch & Judy Festival; na Polónia no Animart World Puppet Carnival 2016 na cidade de Lodz; e na China no  5th Shanghai International Puppet Festival & Competition.

Com a participação nestes festivais recebemos os prémios para “Melhor Manipulação” com os espectáculos Dom Roberto e etc… na Polónia e na China “Inovação Artística” com o espectáculo etc…

Mais uma vez organizámos o festival Marionetas na Cidade em Alcobaça que já vai na sua 19ª edição, onde artistas nacionais e internacionais conviveram e animaram as ruas e salas do concelho de Alcobaça.

Durante todo o ano mantivemos um segredo bem guardado que, entretanto, já foi revelado! Participamos na versão portuguesa do musical da Broadway “Avenue Q” com encenação de Rui Melo. Fizemos as marionetas e ensinámos os actores/cantores a serem marionetistas! Está a dar muito trabalho, mas vai valer o esforço! A estreia está marcada para Fevereiro de 2017.

Foi um ano de muita aposta na itinerância em Portugal e em projectos de grande escala. Para o ano temos muitas surpresas pois fazemos 20 anos como estrutura profissional e 20 anos de festival Marionetas na Cidade.

Tudo isto não teria sido possível sem o apoio incondicional do Município de Alcobaça e Juntas de Freguesia do concelho, bem como do comércio e indústria locais. Na internacionalização o apoio veio da DGArtes/Ministério da Cultura, Fundação Oriente e Fundação GDA.

A todos o nosso MUITO OBRIGADO por continuarem a acreditar no projecto S.A.Marionetas – Teatro & Bonecos.

Até breve e muitos e bons espectáculos!!!!

2017 - Em ano de comemorações dos 20 anos de actividade como estrutura profissional a companhia S.A.Marionetas – Teatro & Bonecos, produziu, apresentou e divulgou o seu trabalho um pouco por todo o mundo.

Estivemos em 9 países, recebemos 3 prémios internacionais e 1 nomeação. Fizemos 101 apresentações de 10 produções diferentes e 1 estreia.

Em Portugal apresentámos as nossas produções em mais de 20 localidades de norte a sul do país, na rua e em teatro. Em festivais ou outros eventos de onde destacamos o Festival Periferias –  Sintra, o Festival Mar-Marionetas 2017 –  Espinho, as comemorações do 25 Abril 2017 nos Jardins do Palácio de São Bento em Lisboa, o Festival EI! Marionetas em Gondomar, o MÓ! Festival de marionetas em Oeiras, a Feira Afonsina em Guimarães, o MIMMOS – Mostra de Teatro de Marionetas, Máscaras e Objetos de Sintra, a Bienal Internacional de Arte de Cerveira - Vila Nova de Cerveira, o Caldas Anima em Caldas da Rainha, o FOME - festival de objectos e marionetas em FARO entre outros.

“Lúmen – uma história de amor” foi o maior projecto alguma vez feito pela companhia que, em 8 meses de trabalho, envolveu cerca de 100 pessoas. Criou-se um dos maiores espectáculos de marionetas alguma vez feitos em Portugal com marionetas de 5 metros de altura, e ao qual assistiram mais de 30 mil pessoas em três dias.

O nosso maior agradecimento, por acreditarem nas entidades criativas locais, vai para o Município de Alcobaça e a Região de Turismo do Centro, não deixando de fora todos os voluntários envolvidos neste mega projecto.

Pelo mundo destacamos vários locais e eventos que nos receberam e aplaudiram como o Festival Mondial des Théâtre de Marionnettes em Charleville-Mézières na França, o Harmony World Puppet  Kanchanaburi na Tailândia, o Festival  LES MARIONNETTES SAUVAGES  - Lasauvage no Luxemburgo, o Gent - International Puppetbuskersfestival na Bélgica, EXPO o  World Puppet Festival em Astana no Cazaquistão, Kyiv Puppetry Festival na Ucrânia, o PUN International Puppet Festival em Kolkata na India e o Centro Cultural Português de São Tomé e Príncipe.

Recebemos várias distinções pelo nosso trabalho durante o ano como o Troféu "Puppeteers for Peace" no Harmony World Puppet Festival em Kanchanaburi na Tailândia. A Nomeação para "Best Manipulation" no Word Puppet Festival EXPO 2017 Astana no Cazaquistão.

O Prémio "Best Director" no EXPO2017 Word Puppet Festival Astana no Cazaquistão.

O Prémio "Preservation of traditions of ancient street theatre" no 1º Kyiv International Festival of Puppet Theatre na Ucrânia.

Organizámos a 20ª edição do Marionetas na Cidade – Alcobaça 2017 com participantes de Espanha, Argentina, Hungria, Itália, França e Portugal, com um total de 23 espectáculos, 2 workshops de construção de marionetas, 1 exposição de fotografia e 2 documentários.

Agradecemos ao Município de Alcobaça, à União de Freguesias de Alcobaça e Vestiaria, à ACSIA, Crédito Agrícola de Alcobaça, Mosteiro de Alcobaça, Museu do Vinho, Zé da Loja, Hotel Santa Maria, Hotel D. Inês de Castro e UNIMA-Portugal o apoio dado na organização da 20ª edição deste evento.

Queremos agradecer o apoio à internacionalização da companhia em particular à DGArtes – Direção Geral das Artes e Fundação GDA. À embaixada de Portugal em Kiev na Ucrânia pela deslocação. À embaixada de Portugal em São Tomé e Príncipe e ao Centro Cultural Português em São Tomé por tudo e mais alguma coisa. Dos países por onde andámos - Tailândia, Luxemburgo, Bélgica, Cazaquistão, França, Ucrânia, India, São Tomé e Príncipe e Espanha.

Por fim agradecer a todos os que nos têm apoiado por continuarem a acreditar no projecto que todos os anos cresce e se expande.

Sempre com o teatro de marionetas como objecto principal do seu trabalho, S.A.Marionetas – Teatro & Bonecos há 20 anos de Alcobaça para o mundo. Obrigado!!

O ano de 2018 foi um ano de grandes viagens e aventuras. Pela segunda vez colocamos em cena uma Ópera do grande António José Da Silva e, para quem não sabe, só escrevia para marionetas, e ainda apor cima com uma equipa fantástica. O Festival Cistermúsica e a Artemrede juntaram esforços e “As guerras do Arlequim e Mangerona “ subiram ao palco com marionetas, marionetistas, actores, cantores e músicos. Este foi sem dúvida o grande projecto de 2018. A par desta aventura fomos a vários festivais pelo mundo apresentado as nossas produções na Polónia, Rússia, Suécia, Turquia, Tailândia e Espanha.

Em Portugal percorremos 35 localidades de norte a sul. Participamos no festival Eixos em Santa Maria da Feira, nas comemorações do 25 de Abril na Residência Oficial do Primeiro-Ministro em Lisboa, na Feira Afonsina em Guimarães, em Ponta Delgada nos Açores no Prenda entre outros.

Em Faro apresentamos o espectáculo “Lúmen uma história de amor” no festival FOME organizado pela ACTA – A Companhia de Teatro do Algarve com a participação da população local que foi incansável na colaboração e preparação desta grande produção. No final mais de 7 mil espectadores assistiram a esta história de amor.

Na nossa cidade de Alcobaça pela 21ª vez organizamos o festival Marionetas na Cidade onde se apresentaram 11 companhias de 5 países durante 4 dias. Com o apoio do Município de Alcobaça e da União de Freguesias de Alcobaça e Vestiaria bem com do comércio e hotelaria locais.

Não queremos deixar de agradecer em particular a quem nos ajudou a espalhar a nossa arte além-fronteiras. Obrigado ao Município de Alcobaça, à Fundação Calouste Gulbenkian e à Fundação Oriente.

Trabalhamos durante todo o ano com muitas pessoas e instituições que nos ajudaram a por de pé as nossas ideias e loucuras. A todos os que trabalharam de alguma forma connosco o nosso Muito Obrigado!!!

Em 2019 a companhia S.A.Marionetas esteve em 8 países com 11 produções diferentes onde 15.896 espectadores assistiram às 107 apresentações em 28 localidades. Estreamos 2 espectáculos - Consonância com o pianista Daniel Bernardes e A Viagem de Sophia com texto de Sophia de Mello Breyner. Recebemos o prémio Internacional Gulliver Junior na Roménia com o espectáculo etc… Espanha, França, Bélgica, Eslováquia, São Tomé e Principe e Angola foram as restantes viagens fora de Portugal.

Em Sintra no Festival Imaginário e em São João da Madeira no Festival Hat Weekend dirigimos o espectáculo comunitário Lúmen – uma história de amor. Ficamos eternamente gratos pelo esforço e dedicação de todos os participantes nesta grande produção.

Organizamos a 22ª edição do Festival Marionetas na Cidade em Alcobaça. Foram 4 dias, 9 companhias, 11 produções e 21 apresentações, sendo 1 estreia nacional e 1 exposição Marionetas do Mundo – espólio da companhia S.A.Marionetas no Museu do Vinho de Alcobaça que, em 30 dias, teve 768 visitantes. Este ano, pela quinta vez consecutiva, teve o selo de qualidade europeu EFFE – Europe for Festival Festivals for Europe.

De referir a presença da companhia no EFFE Summit em Lisboa, no TEDx Alcobaça e na 1ª Feira Ibérica de Teatro no Fundão.

Ainda um agradecimento a todas as entidades que nos apoiaram a ir fora de portas, Camões Instituto para a Cooperação e Língua, Centro Cultural Português de São Tomé e Príncipe e Arte Institut. E finalmente um agradecimento ao Município de Alcobaça que sempre nos apoiou nos nossos projectos dentro e fora de portas e a todos os que nos apoiam há 22 anos e 51 produções depois.

 

 

em actualização...

14e Festival mondial de l'art de la marionnette 2010 - Prague - Prix spécial du jury «Préservation et continuité de la tradition européenne de la marionnette de rue» avec le spectacle «D. Roberto »En plus de ce prix, l'émission« D. Roberto »a été l'un des trois nominés pour le« Best Manipulation Award »qui a été présenté au Hyundai Puppet Theatre de Séoul, en Corée.

En 2006, l'entreprise a été distinguée par le "Afonso Lopes Vieira Award" de Jornal Região de Leiria dans la catégorie Arts et Spectacles

En 2002, il coproduit avec le groupe The Gift la vidéo «A question of love» qui remporte le prix de la «meilleure production» décerné par Gala TMN.

2014 - Harmony World Puppet Carnival s'est tenu à Bangkok, en Thaïlande, où nous avons reçu le prix du «Meilleur spectacle traditionnel» parmi 170 compagnies de 80 pays et qui était le plus grand événement au monde à ce jour consacré au théâtre de marionnettes.

Prix "Meilleure animation"
Festival Animarte - Lodz - Pologne - 2016
Prix - " Artistic Innovation Award " - 5e Festival International de Marionnettes Golden Magnolia Shanghai - Chine - 2016

"Meilleur réalisateur"

Word Puppet Festival EXPO 2017 Astana

Kazakhstan - 2017

"Marionnette pour la paix" -

Festival de marionnettes du monde Harmony

Kanchanaburi - Thaïlande - 2017

"Junior Gulliver"

27e Festivalul International de Animatie Gulliver

Galati - Roumanie - 2019

tous les contenus sont protégés par le droit d'auteur - samarionetas © 1997

... page constamment mise à jour ...